Lançamento do Nvidia Blackwell: acelera a inteligência artificial com uma nova GPU

A Nvidia apresenta a sua nova plataforma de IA: a Blackwell

A Nvidia está a revolucionar a indústria da inteligência artificial com o seu mais recente produto, o Blackwell. Sucessor dos muito populares chips H100 utilizados pela maioria das empresas de IA para treinar grandes modelos linguísticos, o Nvidia Blackwell promete um desempenho inigualável neste domínio. Esta nova GPU poderá reforçar ainda mais a posição de liderança da Nvidia no mercado da IA.

Homenagem a David Blackwell

Para dar um nome a esta nova geração de GPUs, a Nvidia escolheu Blackwell, uma homenagem a David Blackwell, o primeiro afro-americano a tornar-se membro da Academia Nacional de Ciências. O legado desta figura icónica está agora associado à GPU NVIDIA B200, concebida para proporcionar um desempenho impressionante em inteligência artificial, particularmente em inteligência generativa.

Até 20.000 TFLOPS

O Blackwell oferece um poder de computação fenomenal, com uma capacidade de até 20.000 TFLOPS (teraflops), ultrapassando largamente o desempenho do Hopper H100 que substitui. A tecnologia de ponta subjacente a esta GPU permitirá que a informação seja processada a uma velocidade nunca antes possível, abrindo a porta a novas possibilidades e aplicações para a inteligência artificial.

Principais benefícios para o mercado da IA

A Nvidia compreendeu a crescente importância pública da inteligência artificial e, com a criação da Blackwell, podemos esperar que a adoção da IA acelere ainda mais. A chegada desta nova GPU terá um impacto significativo em vários sectores:

  • Inovação nos modelos linguísticos: o ChatGPT, que já funciona com os chips H100, será optimizado em termos de rapidez e eficácia graças à tecnologia Blackwell.
  • Novos horizontes para os jogos de vídeo: Com a utilização da IA generativa, é agora possível criar personagens não jogadoras mais realistas e adaptadas às interacções naturais entre os jogadores, tornando os jogos mais imersivos.
  • Simuladores de formação melhorados: Utilizando a Blackwell, as empresas podem criar simulações mais sofisticadas e envolventes para a aprendizagem profissional.
gpu nvidia

Mecanismo de nuvem NVIDIA Avatar (ACE)

Um dos exemplos mais marcantes da utilização desta nova plataforma é o NVIDIA Avatar Cloud Engine (ACE). Trata-se de um conjunto de tecnologias revolucionárias que utilizam a IA generativa para dar vida a personagens não jogadoras nos jogos de vídeo. Graças a esta tecnologia, as interacções em linguagem natural serão mais fluidas e realistas.

Um futuro ainda mais risonho para a inteligência artificial

Com o lançamento do Nvidia Blackwell, é evidente que o futuro da inteligência artificial parece ainda mais brilhante. A maior capacidade da GPU para executar algoritmos complexos a uma velocidade vertiginosa irá acelerar o desenvolvimento e a adoção da IA numa variedade de campos.

Este é apenas o início para a Blackwell: podemos esperar que, à medida que a plataforma evolui, surjam também novas inovações, criando um ciclo de crescimento exponencial para a inteligência artificial e as suas muitas aplicações possíveis.

Try Chat GPT for Free!